No ar
Som Rural
Quarta, 22 de maio de 2019
69 9374-9560
Cidades

14/03/2019 ás 16h53

Redacao

Ji-Paraná / RO

Ponte sobre o Rio Jamari em Alto Paraíso é arrastada devido a enchente
Local estava interditado desde o dia 7 de fevereiro devido a enchente do rio Jamari.
Ponte sobre o Rio Jamari em Alto Paraíso é arrastada devido a enchente

Interditada há mais de um mês, a ponte sobre o rio Jamari, localizada na RO-459, não resistiu à força da correnteza e cedeu nesta semana em Alto Paraíso (RO), no Vale do Jamari.

De acordo com o Departamento de Estradas de Rodagem, Infraestrutura e Serviços Públicos de Rondônia (DER-RO), o local só poderá ser avaliado após o nível do rio abaixar e não há previsão de quando a rodovia ficará trafegável novamente.


Para tentar amenizar os problemas, o diretor da 2ª Residência Regional do DER-RO em Ariquemes, Derson Celestino, informou que conversará com a direção-geral do departamento para verificar a possibilidade de usar uma balsa para fazer a travessia como meio provisório até a construção de uma nova ponte.

Por enquanto, o acesso até o município se dá pela RO-457, mais conhecida como Travessão B-40, mas por não ser pavimentada, as condições da estrada vicinal ficam precárias com as chuvas.

O DER-RO afirma que equipes realizam os trabalhos de raspagem na via para melhorar as condições do tráfego frequentemente. Ainda assim, os condutores acabam levando mais tempo para concluir o trajeto até a cidade.

O supervisor de fiscalização do Conselho Regional de Farmácia (CRF-RO), Paulo Barro, saiu de Porto Velho para cumprir uma requisição do Ministério Público (MP-RO) e fiscalizar as unidades públicas de saúde de Alto Paraíso, mas por conta do problema, a viagem ficou mais longa, o que para ele atrapalha bastante.

“Ficamos quase que impossibilitados de cumprir a demanda e com o percurso mais longo, a gente fica numa situação de perda de prazo. Teríamos que apresentar um relatório, que fica impossibilitado de confeccionar sem ter feito a visitação”, citou.

Sem ter conhecimento preciso da localidade, Paulo Barros também reclamou sobre a falta de sinalização na RO-457.

“As estradas vicinais não estão boas e em época de chuva a situação fica mais complicado. A precariedade é maior e o acesso também fica dificultado pela falta de sinalização, que daria um direcionamento mais correto para quem não conhece o local”, destacou.

FONTE: G1

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados