No ar
Libertação
Quarta, 28 de outubro de 2020
69 3421-5085
Esportes

03/09/2020 ás 17h31

Redacao

Ji-Paraná / RO

FUTEBOL - ATHLETICO-PR ENTRA EM GUERRA JUDICIAL COM A TV GLOBO
Uma disputa judicial com a Globo pelos direitos de pay-per-view deixou três dos seis primeiros compromissos “no escuro”.
FUTEBOL - ATHLETICO-PR ENTRA EM GUERRA JUDICIAL COM A TV GLOBO

O momento do Athletico Paranaense é ruim dentro e fora de campo. Sem vencer há cinco partidas no Campeonato Brasileiro e após a demissão do técnico Dorival Júnior, o torcedor do Furacão tem mais uma razão para se preocupar: não consegue assistir aos jogos da equipe.


Uma disputa judicial com a Globo pelos direitos de pay-per-view deixou três dos seis primeiros compromissos “no escuro”, sem nenhuma transmissão televisiva.


Uma nova decisão determinou que outras três das quatro partidas seguintes, incluindo o empate desta quarta-feira, 2, contra o Red Bull Bragantino, também não seriam exibidas por nenhuma plataforma. Além disso, o clássico contra o Coritiba na décima rodada estará bloqueado para o Estado do Paraná.


O Athletico, único clube do Brasileirão a não assinar um contrato de PPV com a Globo, tinha a esperança de exibir o duelo na Arena da Baixada por uma plataforma própria chamada Furacão Play com base na Medida Provisória 984/2020.


A chamada “MP do Mandante”, assinada pelo presidente Jair Bolsonaro, alterou a “Lei Pelé” e definiu que uma emissora teria apenas que adquirir os direitos de transmissão do time da casa para poder colocar a partida no ar.


A nova derrota aconteceu na véspera da partida contra o Bragantino. O clube entende que a MP é válida e ele poderia exibir suas partidas na Arena da Baixada pelo Furacão Play, já que é o dono de seus direitos no pay-per-view.


A Globo argumenta que assinou o contrato com os outros 19 clubes antes da nova norma e, por isso, os acordos não seriam cumpridos caso outra plataforma exibisse um jogo de uma destas equipes.


O desembargador Maldonado de Carvalho, da 1ª Câmara Cível do Rio de Janeiro, negou o pedido de tutela antecipada do Athletico e deu ganho de causa da Globo.


A partida foi a quarta das sete da equipe no campeonato sem nenhuma transmissão. A decisão ainda proibiu que o Furacão Play exiba os dois próximos compromissos contra Vasco e Botafogo, colocando os dois jogos também no escuro.


Para piorar, a partida seguinte, o clássico contra o Coritiba no próximo dia 12, até vai ao ar na TNT – os rivais assinaram o contrato da TV fechada com o canal do grupo Turner –, porém, o sinal estará fechado para os espectadores no estado do Paraná, onde acontece o jogo.


No caso do jogo contra o Red Bull Bragantino, o clube tinha a esperança de realizar a transmissão e até montou todo o aparato para exibir a partida pelo Furacão Play.


O Athletico usou como argumento o fato de o clube de Bragança ter assinado contrato de PPV com a Globo depois da homologação da “MP do Mandante”, portanto, este confronto específico não validaria o argumento da emissora carioca.


O desembargador não teve o mesmo entendimento e impediu a exibição em qualquer plataforma.



Apesar da guerra judicial e dos jogos sem público, devido à pandemia do coronavírus, alguns torcedores do Athletico têm conseguido assistir às partidas do clube.


Os direitos internacionais do Brasileirão foram vendidos nesta temporada e os espectadores fora do Brasil podem ver os jogos através da plataforma Fanatiz.


Além disso, alguns sites e até plataformas dentro do país têm puxado o sinal e exibido os duelos. Assinantes do IPTV, serviço de transmissão por assinatura, puderam assistir Athletico x Bragantino pelo canal Premiere 7, ironicamente a plataforma de PPV do grupo Globo.


A solução ética para os torcedores do Furacão seria assistir aos jogos na TV aberta – a Globo assinou com os 20 clubes do Brasileirão para a transmissão pelo canal convencional.


A disputa na Justiça, porém, fez com que a emissora ignorasse as partidas do clube na hora de montar a sua grade de programação.


Em 2019, sem os direitos do Athletico na TV fechada, a Globo decidiu dar mais espaço na TV aberta ao Furacão, que foi a equipe com mais duelos exibidos, à frente inclusive de Flamengo e Corinthians.

FONTE: Veja

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados