No ar
Aline Barros em Família
domingo, 28 de novembro de 2021
Brasil

11/10/2021 ás 08h52

Redação I

Ji-Paraná / RO

Entrevista: o padre que alcança milhões através das redes sociais
Patrick Fernandes pároco no município de Parauapebas, Pará, chama a atenção pelo humor e irreverência nas respostas que dá aos seguidores de diferentes correntes religiosas, incluindo ateus
Entrevista: o padre que alcança milhões através das redes sociais
Padre Patrick faz sucesso no Instagram e, com o bom humor, conquistou 3,7 milhões de seguidores - (crédito: HERBETH FERREIRA

Um dos baratos do nosso tempo é a democratização da produção de conteúdo. As redes sociais possibilitaram que qualquer pessoa com um smartphone em mãos possa transmitir informações para milhões de pessoas, seja quem for e de onde for. Patrick Fernandes é padre da Paróquia de São Sebastião, em Parauapebas (Pará), e começou a usar as tradicionais folgas dos padres às segundas-feiras para interagir com os fiéis da região, pela caixinha de perguntas disponibilizadas nos stories do Instagram.


A irreverência e o bom humor com os quais respondia às perguntas dos seguidores logo foi chamando a atenção de usuários de outras partes do país. Hoje, o sacerdote tem 3,7 milhões de seguidores nas redes sociais, de diferentes correntes religiosas, incluindo ateus, que esperam ansiosos pelos conselhos, geralmente amorosos, do pároco.


O sucesso de Patrick na internet é fruto do acaso, possibilitado pelo advento da pandemia, no início do ano passado, quando se recuperava de um quadro depressivo que enfrentou ao longo de 2019.


“Sempre fui muito social, mas comecei a preferir ficar sozinho, me isolar. Também percebi que tinha perdido o prazer nas coisas que eu gostava e uma tristeza profunda em mim. Então, fui procurar ajuda psicológica e na fé”, relembra o padre. O novo coronavírus pegou a todos de surpresa na mesma época em que Fernandes estava retomando suas atividades junto à paróquia, o que o fez, mais uma vez, se afastar do contato com os fiéis. Foi aí que ele começou a usar o Instagram para interagir com os frequentadores da igreja na região. Na época, tinha apenas 3 mil seguidores.


“O fato de eu ser padre, fez com que as pessoas me olhassem de forma diferente. Eu quis mostrar a palavra de Deus com leveza, que ter fé pode ser leve e gostoso. Eu sou um padre acessível”, se define. Com linguagem simples, o religioso fala sobre diversos assuntos, muitos considerados tabus, inclusive. “Nunca fui chamado a atenção pela igreja”, garante o sacerdote, que afirma que a instituição se abriu muito nos últimos tempos.


Batina e celular


Atualmente, com 34 anos, Patrick se mudou do Espírito Santo, onde nasceu, para o Pará, ainda criança. Teve que enfrentar dificuldades financeiras e a ausência paterna na infância. Quando aceitou o convite para participar do Encontro de Jovens com Cristo, viu sua vida ser transformada pelos três dias intensos de retiro, o que o despertou para sua missão religiosa. Aos 25 anos, foi ordenado padre em Marabá (Pará).


Hoje, com milhões de seguidores, entre os quais figuras ilustres como Juliette, Rafael Portugal, Giovana Antonelli e Padre Fábio de Melo, o padre tem planos para expandir sua atuação. Hoje, estreia no seu canal do YouTube a série Quem é você. São oito episódios de 15 minutos cada um. “Nessa série, eu vou tratar de autoaceitação. Ajudar as pessoas a descobrirem quem realmente elas são e se aceitarem dessa forma e, assim, promover o encontro com Deus”, explica Patrick.


Perguntado se tem alguma inspiração no mundo da produção de conteúdos para a internet, ele diz admirar a capacidade do Padre Fábio de Melo de se comunicar com o público, mas que a sua intenção é sempre ser ele mesmo.


*Estagiário sob supervisão de Severino Francisco

FONTE: https://www.correiobraziliense.com.br/

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2021 :: Todos os direitos reservados