No ar
O Evangelismo não pode parar
Quinta, 19 de maio de 2022
Polícia

06/04/2022 ás 09h38

Redação I

Ji-Paraná / RO

Casa do padre Antônio Maria é invadida por ladrões; suspeitos até tomaram banho
Criminosos levaram notebook e objetos pessoais do religioso
Casa do padre Antônio Maria é invadida por ladrões; suspeitos até tomaram banho
Ladrões "reviraram tudo" na residência, diz padre Reprodução/Instagram

A casa do padre Antônio Maria foi invadida e roubada em Jacareí, no interior de São Paulo, segundo revelou o religioso nesta segunda-feira (4). Dentre os objetos levados pelos criminosos, estavam o notebook do padre e uma máquina de cortar de cabelo. A invasão aconteceu na última quarta-feira (30).


Em entrevista a José Luiz Datena, no programa Brasil Urgente, o religioso, que é cantor, contou que não havia pessoas em casa no momento do crime, pois ele estava em um retiro. O padre ainda acredita que a ação teria sido cometida por dois ladrões, que "reviraram tudo" na residência. 


"Graças a Deus não havia ninguém em casa. Eu moro em uma casinha com três filhos adotivos, crianças que criei. Dois são especiais, até. Eu não estava, porque estava pregando em outro retiro. Eles vieram, eu creio que foram duas pessoas, porque deixaram dois pares de chinelo de dedo, um maior e outro menor, e deixaram também roupa suja, um calção sujo e uma camiseta suja", explicou.


Criminosos tomam banho e cortam cabelo


Padre Antônio Maria também afirmou que os criminosos usaram o banheiro, tomaram banho e até cortaram o cabelo, com uma máquina que foi roubada depois.


"Creio que tomaram banho no meio banheiro porque vi um sabonete que eles pegaram dos novos. Também pegaram uma pasta de dente nova. Pegaram toalhas também novas e limpas. Então, eu creio que foram duas pessoas. Reviraram tudo, levaram meu notebook, um cortador de cabelo e inclusive cortaram o próprio cabelo, porque deixaram cabelo no chão", revelou.


De acordo com o portal Uol, artigos religiosos também foram roubados.


Na residência não há câmeras de monitoramento. A Polícia Civil foi responsável por colher impressões digitais e tentar identificar os criminosos.

FONTE: diariodonordeste.verdesmares.com.br

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2022 :: Todos os direitos reservados