No ar
Cristalina Fernandes
Sexta, 01 de julho de 2022
Geral

13/06/2022 ás 10h07

Redação I

Ji-Paraná / RO

Julho terá 5 sextas, 5 sábados e 5 domingos: o que significa?
Textos compartilhados em redes sociais atribuem supostos significados mágicos para o mês que vem
Julho terá 5 sextas, 5 sábados e 5 domingos: o que significa?

As 5 sextas, os 5 sábados e os 5 domingos de julho já estão fazendo proliferar pelas redes sociais mensagens apócrifas semelhantes a esta:


“Esse ano, julho terá 5 sextas, 5 sábados e 5 domingos. Isto só acontece a cada 823 anos e significa boas mudanças”.


Repare agora em outra mensagem, também fartamente esparramada pelas redes sociais em janeiro deste ano, mas a propósito de fevereiro:


“Esse ano, fevereiro, o mês exato, terá 4 domingos, 4 segundas, 4 terças, 4 quartas, 4 quintas, 4 sextas e 4 sábados. Os 28 dias do ciclo lunar completo e com igualdade entre os dias da semana. Isso só acontece a cada 823 anos. E significa boas mudanças”.


Coitados dos números…


É frequente que muitas pessoas se impressionem com qualquer afirmação que envolva números, porque os números passam a impressão de que existe algo de “exato” ou “científico” naquilo que se está dizendo. E quando o conceito de “ciência” é tão facilmente jogado para cá ou para lá ao sabor das narrativas ideológicas, conforme se vê em nossos tempos, é ainda mais fácil que mais pessoas suponham acriticamente que estão diante de algo que mereça ser levado a sério porque há números sendo apresentados.


Números, pesquisas e mentiras


Entretanto, vale recordar a máxima: “É possível demonstrar qualquer coisa com números – de vez em quando, até a verdade”.


E, de fato, é muito comum usar números para “enfeitar” afirmações falsas, descontextualizando fatos ou forçando interpretações tendenciosas – como ocorreu inúmeras vezes com alardeadas “pesquisas” e “previsões estatísticas” que se revelaram extraordinariamente distantes da realidade. O caro leitor recorde as de sua preferência.


823 anos?


A respeito do mito da repetição de certas ocorrências a cada 823 anos, é outro boato cansativamente repetido na internet. Ele costuma voltar a circular quando qualquer mês contenha 5 sextas-feiras, 5 sábados e 5 domingos. Esse padrão, porém, acontece em quase todos os anos, como foi o caso de janeiro e outubro em 2021 e será o caso de julho de 2022 ou dezembro de 2023. Evidentemente, não transcorreram 823 anos entre janeiro e outubro do ano passado, nem transcorrerão entre o último outubro e o próximo julho.


4 x 7 = 28


No caso dos dias da semana que se repetiram exatas 4 vezes cada um ao longo do último fevereiro, isto é um fato incontestável – mas não significa nada além de pura matemática. Afinal, fevereiro sempre tem 28 dias em qualquer ano que não seja bissexto, e, dividindo 28 pelos 7 dias da semana, obviamente obteremos 4 ocorrências para cada dia. Qual é a mágica disto? Nenhuma.


Ciclo lunar completo?


Quanto à afirmação de que um “ciclo lunar completo” tenha 28 dias, como se disse nas mensagens sobre a “mágica” de fevereiro, também não há fundamentação nenhuma que a sustente. Em declarações ao portal G1, o professor Roberto Dell’Aglio, do Departamento de Astronomia da Universidade de São Paulo, explica que o ciclo das fases da lua dura 29,53 dias, e não 28 dias. Ele ainda questiona:


“Quando começa um ciclo das fases? A mudança da iluminação da Lua é contínua, não existe uma bandeirinha na órbita da Lua em torno da Terra dizendo: ‘O ciclo começa aqui’”.


Portanto, ainda que o ciclo das fases da lua durasse exatos 28 dias, o que já é falso logo de partida, não haveria relação alguma entre isso e os 28 dias de fevereiro distribuídos em número igual de ocorrências.


“Boas mudanças”


Por fim, na maioria dessas mensagens, tem-se a “previsão” de que esses números todos, sejam de fevereiro, de julho ou de qualquer outro mês aleatório, significam “boas mudanças” ou, pelo contrário, “maus presságios“. Nos casos recentes, as mensagens resolveram ser generosamente otimistas, tanto em fevereiro quanto com as 5 sextas, 5 sábados e 5 domingos de julho…


Pois que venham mesmo as boas mudanças! Mas elas definitivamente não dependem da quantidade de sextas-feiras nem de quaisquer crendices em torno a números cujo suposto “significado mágico” não resiste a uma simples olhada no calendário.


Dito isso, um ótimo julho, ótimo agosto, ótimos todos os meses e ótimo resto de junho para todos nós!

FONTE: pt.aleteia.org

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2022 :: Todos os direitos reservados