No ar
Amigos do Teodoro e Sampaio
domingo, 05 de fevereiro de 2023
Esportes

13/12/2022 ás 16h06

Redacao

Ji-Paraná / RO

POR APOIAR PROTESTOS JOGADOR DE FUTEBOL IRANIANO SERÁ EXECUTADO EM PRAÇA PUBLICA
Jogador é condenado a pena de morte após manifestar apoio ao direito das mulheres
POR APOIAR PROTESTOS JOGADOR DE FUTEBOL IRANIANO SERÁ EXECUTADO EM PRAÇA PUBLICA

Um dos principais esportes do planeta, o futebol cada vez mais vem se tornado uma forma de manifestar apoio a causas sociais e conscientizar a sociedade sobre temas alarmantes. Exemplos disso aconteceram na Copa do Mundo, com a Alemanha tendo se posicionado a favor dos direitos da comunidade LGBTQIA+. 


Quem seguirá para a grande final? E quem levantará a taça? Dê seus palpites com este simulador da Copa do Mundo do Qatar 2022.


Todavia, também tem se tornado comum os próprios atletas manifestarem apoio as causas em seus perfis, visando aproveitar seus respectivos engajamentos para elevar a pauta das ideias que defendem. 


 


Foi exatamente isso que fez o jogador iraniano Amir Nasr-Azadani, de 26 anos. O atleta manifestou apoio aos motins em virtude da morte de Mahsa Amini, jovem de 22 anos, que foi morta por não utilizar o véu corretamente. 


Após a manifestação, Nasr-Azadani foi considerado um traidor de sua própria pátria e condenado pela Iranwire a pena de morte, com execução em praça pública. Não obstante, a Fifpro (Federação Internacional de Jogadores Profissionais), junto da Anistia Internacional, vem tentando viabilizar a suspensão da execução do atleta, que segue aguardando um parecer oficial do governo iraniano.


 


Confira as manifestações oficiais da Fifpro e da Anistia Internacional


io de seu twitter oficial, a Fifpro se posicionou da seguinte forma: “ A Fifpro está chocada e indignada com relatos de que o jogador de futebol profissional Amir Nasr-Azadani enfrenta execução no Irã após fazer campanha pelos direitos das mulheres e liberdades fundamentais em seu país. Somos solidários com Amir e exigimos que sua sentença seja suspensa imediatamente".


Já a Anistia Internacional, por meio de sua porta-voz Diana Al-Tahavi, afirmou: "A organização pediu à comunidade internacional que use todos os meios necessários para pressionar o governo iraniano a interromper as execuções e a pena de morte".


Amir Nasr-Azadani fez sua carreira toda no Irã e atualmente joga com as cores do Iranjavan, clube com o qual tem contrato até junho deste ano.


Foto: FIFPRO


Fonte - IG

FONTE: IG/MSN

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2023 :: Todos os direitos reservados